55 3332-4425 janilton2000@gmail.com

O Mestre de Cerimônias: Uma descrição que vem do próprio nome. Mestre em fazer uma cerimônia mostrar todo o seu brilho e a sua importância, sem tomar para si o seu crédito e sua autoria. Uma bela cerimônia se faz de muitos participantes, mas quem precisa ser destacado são os seus idealizadores e participantes. Um bom mestre jamais deve parecer ser o dono da festa. Ele faz aparecer o trabalho do coordenador do cerimonial (cerimonialista), dos recepcionistas, dos operadores de equipamentos, manobristas, serviços gerais e em especial dos verdadeiros donos da festa. O mestre de cerimônias, pode até fazer a função de um cerimonialista, mas quando está apresentando ele é apenas o mestre que dá um tom de arte e brilho ao que já é show. Numa posição de arauto, trajado de acordo com a ocasião tem uma posição de discrição, sem diminuir a importância do seu papel. É o mestre de cerimônias que faz fluir todas as partes de uma solenidade planejada para ser arrebatadora e memorável:

 

  • O Mestre de Cerimônias é responsável por conduzir o evento com o microfone

 

  • O Mestre de Cerimônia é o elo entre o público e os anfitriões, conduzindo o evento da melhor maneira possível, adaptando-se ao estilo do evento.

 

  • O Mestre de Cerimônias é o que abre as portas para quem vai falar e ser mostrado.

 

  • O Mestre de Cerimônias tem controlo do que está em público e do que está nos bastidores.

 

  • O Mestre de Cerimônia não chama o show para si, mas faz do que poderia parecer simples, tornar-se um espetáculo.

 

  • O Mestre de Cerimônias trabalha para revelar o brilho oculto da simplicidade. Agrega valor ao que precisa ser valorizado. Torna o realizado inesquecível e o que está por acontecer, aguardado.