55 3332-4425 janilton2000@gmail.com

A imagem que fascina na mente do sonhador e transforma-se em realidade, percorre muitas estradas para chegar ao mundo real. Algumas chegam com nitidez em HD e outras sofrem variações e distorções que não se parecem com o que se imaginou e outras ainda nem chegam a tocar o solo sagrado da existência e materialização.

Um alvo é aonde se quer chegar e uma meta são as etapas a se cumprir para se atingir o desejável. Ambos estão intimamente ligados e um depende do outro e ambos mantém-se mutuamente.

Se fosse possível tocar uma estrela com uma grande escada, o último degrau seria o alvo e do primeiro ao penúltimo são os alvos que levará a tocar a constelação estrelar. Tendo os olhos fixos a meta que está a frente, o sonhador põem-se a escalar. Permanecer no primeiro degrau imaginando como será estar entre as estrelas e desfrutar do mais alto brilho, não passa de imaginação.

Em todos os lugares são estabelecidos alvos, nobres e dignos de serem sonhados dia após dia até se chegar a sua realização. O alvo do aluno é o diploma, a meta é a dedicação ao estudo. O atleta que sonha com o pódio precisa cumprir com afinco a suas metas diárias de exercícios, o cientista que descobriu a formula da cura, precisa fazer os testes e comprovar a sua eficácia para a humanidade desfrutar da saúde.

Alvos são sonhos e metas são os meios para que os sonhos tornem-se realidade. Sonhar e nunca desistir, acreditar e agir. Muitos alvos ficam a beira do caminho, porque os seus autores o abandonaram quando não conseguiam ver os próximos degraus da escada que tocava as estrelas e que estavam encobertos pelas nuvens devido a aproximação com o último degrau.